Líderes católicos e evangélicos se juntam e realizam manifesto sobre o aborto

Brasilia DF 03 08 2018 O Supremo Tribunal Federal realiza audiência pública sobre descriminalização do aborto. Foram convidados 50 expositores, entre especialistas das áreas de saúde, do direito e de ciências sociais; e de movimentos feministas, organizaçõesPublicado em 03/08/2018 - 10:26 foto Jose Cruz/Agencia Brasil

O aborto será tema de um manifesto de líderes católicos e evangélicos no dia 15 de setembro, em frente ao Palácio Iguaçu, em Curitiba. Essa será a primeira vez que duas orientações religiosas se unem para defender o mesmo assunto.

Brasilia DF 03 08 2018 O Supremo Tribunal Federal realiza audiência pública sobre descriminalização do aborto. Foram convidados 50 expositores, entre especialistas das áreas de saúde, do direito e de ciências sociais; e de movimentos feministas, organizaçõesPublicado em 03/08/2018 – 10:26 foto Jose Cruz/Agencia Brasil

O manifesto é chamado de “Manifestação pela Vida” e quer cobrar o Supremo Tribunal Federal para não descriminalizar o aborto.

Os organizadores esperam cem mil participantes.

O evento é aberto ao público. No dia serão realizados discursos, shows, testemunhos e orações.

Por enquanto, o Supremo não tem data para analisar o pedido que pode declarar inconstitucionais os dois artigos do Código Penal que tratam do aborto. A ação proposta pelo PSOL descriminaliza a iniciativa da mulher que interrompa voluntariamente a gestação até a décima segunda semana de gravidez – e também impede a punição para a equipe médica envolvida no procedimento.

COMPARTILHAR